VOCÊ GANHOU OU PERDEU NOS ÚLTIMOS DIAS?

O QUE SEPARA TRADERS CONSISTENTES DOS DEMAIS PARTICIPANTES
17 de julho de 2019
COMO IDENTIFICAR TRADES MAIS SEGUROS?
19 de julho de 2019

Olá, eu sou o André Antunes e no artigo de hoje vou trabalhar uma dúvida bem recorrente para a maioria dos meus seguidores. 

A fase de aprendizado no Tape Reading não costuma ser fácil. Além das dificuldades da leitura de tela, há também o fato do trader estar sozinho no dia a dia, sem a supervisão de alguém mais experiente. Diante da complexidade da matéria e desse excesso de liberdade, quais seriam as métricas de avaliação do desempenho da fase de aprendizado?

Bem, o caminho mais lógico seria a partir do resultado que você vem obtendo. Primeiramente, avalie se você está encerrando o dia no positivo ou no negativo, mesmo operando no Simulador. O resultado em si não tem muita importância, mas ele é o ponto de partida para a definição dos próximos passos.

Detalhe: você não pode se basear no resultado de apenas alguns dias. A amostragem deve estar em torno de 15 a 20 dias de operação, o que dá em torno de 1 (mês) de atuação no mercado, ok?

De posse desses resultados, vamos agora às principais considerações que esses números revelam.

Para quem vem apresentando consistência de resultados

Se você apresenta consistência de resultados, a primeira coisa que tenho a lhe dizer é PARABÉNS! O passo seguinte é fazer uma análise crítica dos números a partir de três critérios.

O primeiro é avaliar se os resultados são fruto de pura sorte ou competência. É por esta razão que ressaltei no tópico acima a necessidade de uma amostragem de ao menos 15 dias de operação. Não dá para avaliar se é sorte ou competência quando a quantidade de operações é pequena, em torno de 3 a 5 operações/dia. Agora, se você vem construindo lucratividade em uma série operações, é provável que o resultado seja fruto do seu mérito como operador.

O segundo critério é um pouco subjetivo, mas que requer muita atenção para que não venha a criar vícios no futuro. Além de ganhar, é preciso que você esteja operando certo. Isso quer dizer que você não pode se enganar; você deve demonstrar consistência operando com o lote mínimo (1 contrato ou 100 ações) e sem “remendos operacionais”, como por exemplo fazer médio, arbitragem, trava etc.

Por fim, o terceiro e último critério está em identificar o estilo operacional que mais lhe traz resultados. Você deve ser capaz de descrever a lógica operacional do seu trade e o tipo de operação mais assertiva.

Quando você tem em mente aquilo que mais funciona em seu operacional, a tendência é que você se especialize nesse tipo de oportunidade e experimente um ganho de confiança, que o colocará na rota da conta real e do aumento de lote. Com o passar do tempo, outras oportunidades serão descobertas e você ampliará o repertório operacional. Mas é fundamental ter um porto seguro, isto é, saber claramente aquilo que te deixa mais confortável na hora de se expor no mercado.

E se não estou apresentando bons resultados?

A primeira recomendação a quem está perdendo é: tenha PACIÊNCIA! Não julgue sua performance em cima da frieza dos números. A grande maioria dos traders costuma “pegar o jeito” depois de muita prática.

O ponto determinante da análise de quem se encontra nessas condições é muito mais subjetivo do que podemos imaginar.

Quando estive com o Mike Bellafiori (trader e sócio de uma grande Mesa Proprietária nos EUA), ele me disse pessoalmente que, no começo, mais importante que o resultado de um trader é a sua vontade de ser melhor a cada dia.

A reação que você apresentar depois de um dia negativo é o que vai te colocar no mesmo caminho dos vencedores. Chorar, reclamar ou perder a razão não gera mudança de atitude. Pelo contrário, você permanecerá estático e não evoluirá.

Por isso, a recomendação é colocar foco no que efetivamente ajusta o operacional. Se você está “patinando”, deve separar o ponto em que mais vem errando. Anote se o erro cometido é de origem analítica, operacional, emocional ou apenas decorrente da imprevisibilidade do mercado. Tirar as ideias da cabeça, colocá-las no papel e definir ações é o que realmente tem potencial para gerar mudanças.

No início, o foco não é fazer dinheiro. O foco é operar certo. Julgue suas operações pela pertinência do plano de trade, e não pelo resultado obtido! O próprio Mike Bellafiori diz que desconsidera o resultado dos primeiros 6 (seis) meses de seus traders. O que ele mais dá atenção é ao empenho de cada um na correção de seus erros.

Mais uma vez: o fator determinante para o sucesso de um trader é o desejo pessoal de ser melhor a cada dia, é estar disposto a fazer tudo o que for possível para dar certo. Jamais esqueça isso!

Espero que tenha gostado de mais este artigo.

Grande Abraço e Atitude Vencedora Sempre!
André Antunes

E se você tem interesse em conhecer mais, recomendo que Matricule-se agora mesmo no Programa Gratuito Formação de Trader

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NA FORMAÇÃO DE TRADER