SPREAD

É o termo usado para medir a diferença entre o melhor preço de compra e o melhor preço de venda de um ativo. O spread acaba sendo uma medida de liquidez e de eficiência do mercado já que quanto menor o spread, maior a disposição dos players em negociar.

O menor spread possível é um tick, ou seja, a unidade mínima de negociação de cada ativo.

Por exemplo, no Índice Futuro, (padrão e mini) o tick é 5 pontos, já nas ações e opções o menor spread possível é R$ 0,01 e no Dólar Futuro, a unidade mínima de negociação é 0.5 ponto tanto para o contrato padrão quanto para o mini.

Spread também pode ser usado para refletir uma trava com opções e para medir a diferença de preço entre duas opções sobre o mesmo ativo. Por exemplo, uma trava de alta[1] também é chamada de spread de alta.

 


[1] Compra da mesma quantidade de uma opção com Strike inferior e venda de outra opção com Strike superior.

 

Quer conhecer outros Jargões utilizados pelos traders profissionais?

Cadastre seu e-mail no campo abaixo e receba gratuitamente um exemplar do Ebook “Jargões do Trader”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo