Preciso olhar o SP500 para operar mini indice?

Como evitar grandes perdas no Day Trade?
BATI A META OU CHEGUEI NO STOP DIÁRIO… PARO OU CONTINUO?
17 de julho de 2020
04-tumb-viver-de-trade-e-possivel
É POSSÍVEL VIVER DE DAY TRADE?
16 de agosto de 2019

Será que o SP500 realmente puxa o Ibovespa e impacta no dólar?

Esses dias eu recebi uma pergunta de um cara que tinha observado que o petróleo estava saindo na frente de diversos movimentos de mercado e por isso resolvi escrever sobre esse tema!

Eu gosto de usar a mesma analogia que um professor meu usou na faculdade para explicar as relações de causa e efeito entre as coisas. Digamos que você está estudando a causa do número de afogamentos nas praias de determinada região. Você tem diversas estatísticas para relacionar e uma delas é a quantidade de sorvetes vendidos nas mesmas praias. Estatisticamente existe uma relação altíssima entre o numero de afogamentos e o aumento da venda de sorvetes e isso também vale para baixo. Se você analisar só os dados, você pode ser levado a acreditar que sempre que aumenta a venda de sorvete, aumenta o numero de afogamentos, isso é verdade, mas a causa dos afogamentos não pode ser explicada pelo aumento das vendas de sorvete. Nesse caso, a causa real é uma variável externa que é o calor, em dias mais quentes, mais pessoas vão a praia e consomem mais sorvete e tendem a se afogar mais. Dias mais frios, o público é menor.

No mercado ocorre a mesma coisa, quando você relaciona que SP500 impacta o Ibovespa ou o dólar, você está criando uma relação de causalidade entre as duas e isso não ocorre, o que ocorre são fatores externos que impactam o SP5oo e que podem ou não impactar o Ibov e dólar. Por exemplo, o petróleo com PETR depende do contexto (controle de preços). Mas tem uma raiz mais profunda, apesar do petróleo atingir diretamente PETR, o que impacta o petróleo ou commodities é a percepção de reaquecimento das economias globais, especialmente china.

Sobre SP500 e Ibov ou dólar, o que impacta bem as ações dos EUA são as taxas de juros de longo prazo americanas e que por sua vez são impactadas pelo nível de atividade econômica.

Se a causalidade não é mensurável no intraday, o que eu faço?

Aqui está uma grande sacada que quero contar… você pode e deve olhar outros ativos especialmente commodities, dólar frente outras moedas e eventualmente SP500 porque eles vão refletir algum efeito sobre o que estiver acontecendo na economia, mas você deve olhar a correlação por momentos curtos. Cuidado para não criar uma expectativa de que o SP500 é que causa uma oscilação em determinado ativo, geralmente são fatores externos ligados a economia, mas como não temos como medir isso no intraday, alguns ativos podem ser usados como referência desde que aceite que as correlações ora funcionam, ora não e não tem nada de errado nisso.

E se você quiser se profundar, não na leitura de correlação, mas na leitura de fluxo, eu sugiro que faça no Curso Gratuito de Introdução ao Tape Reading. Você vai aprender os primeiros passos para saber identificar o fluxo,  mais de 7000 pessoas fizeram o curso e os feedbacks são muito bons. É só se inscrever no link abaixo:

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NO CURSO DE TAPE READING

Atitude Vencedora!
André Hanna