O QUE SÃO DERIVATIVOS?

Ed Seykota
Traders de sucesso: Ed Seykota
11 de outubro de 2019
mercado futuro
O que é Mercado Futuro?
15 de outubro de 2019
Derivativos

Nunca se falou tanto em Bolsa de Valores como nos dias de hoje. Dentro desse tema, um dos destaques que está tomando a atenção de todos os investidores são os derivativos. Mas o que são derivativos?

O que são derivativos?

Primeiramente, derivativos são contratos cujo valor varia de acordo com um ativo subjacente, ou índice ou taxa de referência. Seus ativos normalmente são físicos (como café, ouro, ferro, milho etc.). Entretanto, é bastante comum encontrar ativos de origem financeira (Taxas de Juros, Ações etc.).

Como são contratos, você normalmente terá um prazo para resgate e terá normas um pouco mais rígidas que as encontradas em outros tipos de ativos. Lembrando que também é possível criar até mesmo derivativos de outros derivativos.

Basicamente o que acontece é o seguinte: digamos que, por exemplo, você seja um produtor de soja cuja colheita será daqui a 11 meses. Você já teve uma experiência traumática com a queda do preço no ano anterior e, embora a colheita pareça que vá funcionar, você prefere criar um derivativo dessa safra.

Isso acontece porque você olhou e viu que o preço da soja especulado para daqui a um ano está realmente atraente, se comparado ao que você teve no ano anterior. Assim, você cria um contrato derivativo no valor desta especulação e poderá vender sua colheita adiantada, sem sofrer com as quedas de preço e flutuações do mercado. A preocupação com a flutuação do preço da soja passa a ser de quem está comprando o contrato.

No mercado financeiro, esse tipo de atitude é chamada de “Hedge”, operação esta onde você praticamente garante o preço do seu produto. Na prática, é uma espécie de seguro, sendo que existe um lado negativo nele: basicamente você se protege contra um prejuízo, abrindo mão de um lucro potencial muito maior, caso o preço daquele produto suba rapidamente dentro do período estabelecido no contrato.

Como lucrar com derivativos?

Bom, se você quer lucrar com derivativos, mas não é produtor de nada e nem possui muitos ativos para poder negociar, o seu lugar é como especulador. Você comprará os ativos dessa pessoa para fazer o famoso day trade. Assim, você ficará de olho no preço que aqueles ativos terão durante o dia e, logo que houver uma variação ao seu favor, você já pode vendê-los para obter algum lucro.

Os derivativos podem ser negociados em Mercado a Termo, Mercado Futuro ou Mercado de Opções. Porém, o que vale mesmo a pena é estar sempre atento às variações, buscando aumentar constantemente seus lucros, principalmente quem deseja trabalhar com arbitragem, reduzindo seus lucros para não correr riscos.

Tudo dependerá do seu objetivo com o capital investido. Se for aumentá-lo de forma mais rápida, será preciso se arriscar como especulador, tendo que desenvolver a disciplina de estudar os ativos, praticar em bons simuladores e manter-se informado.