O que é melhor: Regularidade ou Picos de Ganhos?

POR QUE O DÓLAR A 3,50 OSCILA MENOS QUE A 4,00?
24 de junho de 2019
Evolua no Tape Reading
DICA IMPORTANTE PARA EVOLUIR COM TAPE READING
28 de junho de 2019

Uma das dúvidas mais comuns que os alunos do nosso programa de desenvolvimento de traders autônomos, o programa SIGMA, têm, se refere a o que buscar no mercado durante a fase de aprendizado: se a regularidade de resultados ou os picos de ganhos. Como é uma dúvida muito recorrente, resolvi escrever este artigo para melhor elucidar esta questão, citando, inclusive, um exemplo de um trader autônomo amigo meu que ilustra bem qual opção colaborará mais para a evolução do seu operacional.

Esse meu amigo teve uma jornada um pouco diferente. Ele já era de mercado, atuava como trader, mas não como pessoa física. Ele era trader institucional e sua atribuição era rentabilizar o patrimônio do fundo para o qual trabalhava. Nas palavras dele, como não operava o próprio dinheiro, o objetivo que ele tinha em mente era a maximização dos ganhos. 

Logo, ele não buscava regularidade. Seu objetivo era buscar operações em que podia dar uma “porrada”, isto é, operações em que a relação risco/retorno era muito grande. Pois, quando ele encontrava esse tipo de operação, além de ganhar muito, o lucro compensava também os stops dos dias anteriores.

Matematicamente, este raciocínio estava coerente, porque se ele fizesse, por exemplo, R$ 1.000.000,00 de lucro na semana em um único dia específico ou ganhando R$ 200.000,00/dia, ele chegaria na sexta-feira com R$ 1.000.000,00 de lucro, não é mesmo? Porém, quando ele migrou para o mundo autônomo, essa forma de pensar não mostrou a mesma eficiência.

Tudo é diferente quando o emocional está envolvido

Quando ele migrou para a conta física e passou a operar capital próprio, esse tipo de mentalidade começou a trazer dificuldades para o seu operacional. Isso porque agora o dinheiro era dele! E sempre que operamos dinheiro próprio, a pressão aumenta.

Na minha opinião, o sentimento que mais influencia na performance do trader é a confiança. Quando este componente é alto, as chances de fecharmos o dia positivo aumentam e, além disso, a situação contrária também acontece.  Operando dinheiro próprio, quando temos resultados negativos em dias seguidos, é impossível não ficar com a confiança abalada, ainda que levemente. Consequentemente, uma menor confiança aumenta as chances de obtermos resultados negativos.

A virada do jogo começou quando ele, sabendo dos resultados de outros traders autônomos, decidiu mudar sua forma de pensar: ao invés de priorizar a matemática do resultado, ele focou em manter e elevar seu nível de confiança. Ou seja, passou a focar em regularidade.

Na minha opinião, foi uma grande sacada, diria até corajosa, porque ele se dispôs a mudar. Ele decidiu abrir mão do que sempre acreditou para se ajustar ao que lhe era mais adequado no momento.

E assim foi. Na medida em que os dias foram passando, ele procurou ganhar um pouco por dia, mas de forma constante. Depois de um tempo foi chegando a 16, 18, 30 dias seguidos de meta batida e, com isso, veio também o aumento da confiança.

O foco na regularidade te leva a pensar em termos de probabilidades

Quando veio essa sequência positiva, o ganho de confiança o fez acreditar na própria capacidade de ganhar dinheiro e de se recuperar de eventuais perdas, pois é claro que ele experimentou algumas durante esse tempo. A evolução no trading, como costumo dizer, é um processo tortuoso, não ocorre em linha reta.

Mas, experimentar resultados positivos, ainda que pequenos, funcionava como um combustível para ele continuar se aplicando e fazendo os ajustes necessários no operacional até que formasse uma base de conhecimento sólida o suficiente para somar mais dias de ganho do que de perda. E detalhe: mesmo em dia de perda, o resultado era pequeno, dentro do plano, já que, sem isso, a conta não fecharia no fim do mês.

Por isso, respondendo à questão que coloquei no início do artigo, na minha opinião, é melhor focar na regularidade. A matemática é uma ciência exata, mas trading não é conta, é um universo muito maior. Nele, 80% de toda a sua performance é fruto de seu desenvolvimento comportamental.

Além disso, quando você deixa de lado essa questão de buscar grandes ganhos, você passa a estar disponível para oportunidades de ganhos menores, que aparecem em quantidades muito maiores. E o principal: passa a focar em trades mais prováveis de dar certo, e não nos mais lucrativos (nunca se esqueça: quanto maior o ganho, maior é o risco).

Outro ponto que você desenvolve quando forma essa base sólida de resultados e acumula tempo de tela é o feeling para alongar ou não uma operação. De tanto olhar para a tela, surge em você uma capacidade de relativização da força do movimento, capacidade esta que te faz ponderar quando realizar curto e quando alongar o trade. Enfim, você só terá a ganhar se focar na regularidade!

Espero que tenha curtido mais esta sacada. Qualquer dúvida, não tenha receio em me procurar. Já disse e repito: estamos juntos nessa jornada! 

Grande Abraço e Atitude Vencedora Sempre!
André Antunes

E se você tem interesse em conhecer mais, recomendo que Matricule-se agora mesmo no Programa Gratuito Formação de Trader

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NA FORMAÇÃO DE TRADER