ansiedade no mercado financeiro
COMO LIDAR COM A ANSIEDADE NO MERCADO FINANCEIRO?
18 de outubro de 2019
Hedge
O QUE É HEDGE NO MERCADO FINANCEIRO?
22 de outubro de 2019
taxa DI

O que é DI? Esta é uma pergunta bastante recorrente feita pelas pessoas que começaram a dar os seus primeiros passos no mercado financeiro. Mas seria este um assunto realmente válido? A taxa DI é um tipo de investimento ou coisa do tipo? Esses questionamentos são bastante justos e precisam ser feitos por qualquer um que esteja pensando em arriscar o seu dinheiro no mercado.

O que é Taxa DI?

Primeiramente, é interessante notar que esta é uma taxa e não exatamente um tipo de investimento. Embora a sigla “CDI” seja bastante parecida com CDB e CDA, a verdade é que estamos falando de um Certificado de Depósito Interbancário. Logo, ele só pode ser feito entre instituições financeiras. É por esta razão que você não consegue investir o seu dinheiro em um CDI (embora muitos CDB’s oferecidos pelos bancos tenham o CDI como base para o rendimento oferecido, o que seria uma maneira de investir nele de modo indireto).

Mas ainda assim, este é um dos fatores mais interessantes, pois na verdade é uma base do quanto irão render os seus investimentos. Vou melhorar a explicação: as instituições financeiras não podem terminar um dia com o caixa negativo. Se isso acontecesse, o resultado seria o completo caos do sistema financeiro.

Por isso, todo final de dia as instituições que estão negativas liberam um CDI para que as que possuem caixa extra possam comprar, repassando o dinheiro necessário para fechar as contas do outro banco e, em contrapartida, tornando-se credor, recebendo juros de acordo com a taxa DI.

Esse valor flutua diariamente, pois é o empréstimo relativo a um dia. Entretanto, é normal que o valor desta taxa seja exibido como um percentual anual (que obviamente vai variar). E é bom avaliar também que a CDI possui muito mais riscos do que a outra opção da empresa, que são as taxas compromissadas. No final das contas, se a instituição financeira emissora quebra, a tomadora termina em prejuízo se optou por CDI.

Por que a DI é importante?

Ela é importante porque serve de base para várias operações e juros no mercado financeiro. Muitas aplicações terão a rentabilidade baseadas em um percentual da taxa DI. O que é DI?” é uma pergunta importante e deve ser respondida, pois quanto maior for o percentual em cima do seu rendimento, melhor.

Então, digamos que, por exemplo, você tenha um título que rende 70% do CDI (uma renda bem baixa). Se o rendimento do CDI for de 10% ao ano, isso significa que seu título irá render 7% no mesmo período. Fique atento também aos valores da inflação, já que, embora a taxa DI normalmente a supere, é bom verificar se você não está muito próximo desse valor.

Outro ponto a se considerar é que a taxa DI vem caindo em conjunto com a Selic, diminuindo substancialmente o rendimento da renda fixa no Brasil. Portanto, se você quer um rendimento mais substancial no mercado financeiro, o Trade necessariamente acaba sendo a solução.