É o termo usado para indicar em que posição uma ordem está no Book de Ofertas.

A bolsa classifica as ordens primeiramente por preço, ou seja, quem paga mais caro fica mais no topo da fila, assim como quem aceita vender mais barato. No mesmo nível de preço, o critério de posição na fila é a ordem de chegada.

Uma curiosidade sobre a posição na fila é quando o player ou trader decide modificar a quantidade de lotes de uma ordem limitada existente. Se a modificação reduzir os lotes ofertados, o lugar na fila é mantido. Caso este player decida modificar a ordem aumentando a quantidade de lotes, a bolsa reenvia esta ordem para a última posição da fila naquele nível de preço.

Em ativos com muitas ordens em cada nível de preço como, por exemplo, opções abaixo de R$ 0,40, Dólar Futuro e algumas ações baratas, a posição na fila é uma variável bem importante para o sucesso nas operações de scalping. Ter ordens bem posicionadas na fila favorecem entradas para giro curto com alta probabilidade de lucro, além de favorecer cobertura de posições, justamente por demandar pouca agressão do mercado.

Existem várias técnicas para conseguir boas posições na fila, e elas variam de ativo para ativo. Nunca é demais lembrar que existem momentos mais e menos propícios para posicionar a ordem na tela, já que sempre existe risco de boletada contrária.

 

Quer conhecer outros Jargões utilizados pelos traders profissionais?

Cadastre seu e-mail no campo abaixo e receba gratuitamente um exemplar do Ebook “Jargões do Trader“.
Faça o Download do Ebook Gratuito Agora!