COMO SE PERDE DINHEIRO NA BOLSA

Como evitar grandes perdas no Day Trade?
TODO TRADER PRECISA SABER DISSO
17 de julho de 2020
Como evitar grandes perdas no Day Trade?
O MAIOR ACORDO DA SUA VIDA
17 de julho de 2020

No artigo de hoje, vou trabalhar uma abordagem um pouco diferente: ao invés de falar da rota que eu e diversos outros traders de sucesso seguiram, mostrarei o caminho contrário, aquele que se você seguir, é certo que perderá dinheiro na Bolsa.

Mas como assim, André? Qual o intuito deste artigo? É me desmotivar?

Muito pelo contrário. Minha intenção aqui é deixar claro as armadilhas e gatilhos mais utilizados por aqueles que não têm compromisso algum com o seu resultado. Conhecer essas armadilhas é o primeiro passo para superá-las.

E por que eu digo isso? Porque basta fazer uma breve pesquisa na internet que você verá inúmeros cursos gratuitos, como também outros materiais que ensinam uma estratégia milagrosa, aquela que te trará dinheiro assim, em questão de minutos. É como ir a uma pastelaria e matar a fome 15 minutos depois. Essa facilidade dificulta e muito a jornada de quem está iniciando, pois surge a dúvida de qual caminho seguir. Sem dúvidas, se antes a dificuldade estava no acesso ao mercado, hoje o maior desafio é o excesso de informação no mercado.

Desde a técnica a utilizar, até a quem devo acompanhar, essas questões estão presentes na mente do iniciante. Há quem opte por seguir todo mundo e esta é a decisão que conduz à armadilha da informação.

Essa armadilha acaba levando o jovem trader a cada hora aplicar uma coisa, quando na verdade a evolução vem com a escolha de um caminho a ser seguido, isto é, que traga clareza e identidade àquilo que deve ser feito.

Escolhido o caminho, o próximo passo é escolher um mentor. Defendo esse passo, pois a escolha de um mentor poupa muito desgaste e dinheiro. Mesmo sendo autodidata e trilhando minha jornada sozinho, não recomendo a ninguém seguir por essa via, já que, no início, acabei perdendo dois meses de tempo e dinheiro, estudando e aplicando técnicas que jamais trariam o resultado que queria. A ideia de fazer acontecer sozinho, como um lobo solitário, pode até ser romântica e admirável. Mas acredite: não é nada eficiente!

Como escolho um bom mentor?

São três os pontos de atenção na hora de avaliar a qualidade de um mentor: autoridade digital, experiência e bagagem operacional.

Com o avanço da internet e o desenvolvimento do marketing digital, é comum as pessoas avaliarem a qualidade de um mentor exclusivamente pelo critério de autoridade digital. Para quem não sabe, esse critério mensura a quantidade de seguidores e o número de pessoas que o mentor influencia. É um critério importante, pois se várias pessoas o seguem, significa que o mentor sabe se comunicar e não há dúvidas que a didática é uma parte importante do processo de aprendizagem. Mas não dá para ficar só nisso. 

Além da autoridade digital, é preciso verificar a experiência, a história que ele construiu no mercado com aquilo que pretende ensinar. Com o universo das redes sociais, está cada vez mais fácil avaliar se uma pessoa diz ou não a verdade. Se ela está há bastante tempo no mercado, algo em torno de cinco anos, e ninguém rebate a história que ele conta, é muito provável que ele esteja sendo sincero e falando a verdade.

Já o terceiro e último critério diz respeito à bagagem operacional que o mentor deve trazer consigo. Ele ganhou/ganha dinheiro? O que ele já passou? Quais os ciclos e mudanças de mercado ele viveu? O seu patrimônio foi construído fazendo aquilo que ensina? Ele pratica o que fala?

Infelizmente, o que mais está aparecendo neste universo de Renda Variável são pessoas que falam uma coisa, mas que na verdade, sua principal fonte de receita é a venda do curso, e não a prática da atividade que ensinam. Ex.: a pessoa escreve um livro, apresentando uma receita de sucesso, mas ele sobrevive não com a receita, e sim com a venda do livro!

E mais do que resultado passado, é fundamental que ele esteja tendo resultados HOJE, já que o mercado muda e é preciso que o conteúdo por ele ministrado esteja de acordo com a atual realidade.

Por fim e não menos importante, você deve avaliar se o caminho proposto pelo mentor trouxe resultados às pessoas que ele já ensinou. Pesquise, avalie, colha informações, mas não deixe de ver se o processo de aprendizagem por ele desenvolvido realmente conseguiu replicar o sucesso em outra pessoa. No mercado, a sinergia entre o perfil pessoal com o perfil operacional é muito presente. Se a metodologia aplicada se provar eficiente a outras pessoas, de diferentes perfis, são grandes as chances de você estar na rota certa.

Como tirar o melhor do seu mentor?

Uma vez avaliada a qualidade do seu mentor, é chegada a hora de colocar a mão na massa para absorver todo o conteúdo que ele oferece.

O primeiro passo consiste em entender a teoria por trás da estratégia que ele executa. É fundamental que a base do conhecimento guarde relação de causalidade com o mercado. Sem fundamentos diretamente alinhados com as causas para o deslocamento de preço, a estratégia acabará se mostrando falha depois de um tempo e todo o seu aprendizado terá sido em vão.

O segundo passo é colocar todo esse conhecimento em prática. É chegada a hora de operar de verdade no mercado. Contudo, não opere em conta real. Comece clicando em uma conta simulada e meça o seu desempenho. É importante que esse monitoramento de resultados seja feito em um espaço de tempo um pouco maior, de no mínimo uns 10 dias, porque você irá avaliar se aquela forma de operar combina com o seu perfil e se ela apresenta resultado em intervalos maiores.

Já o terceiro e último passo é a hora de colocar dinheiro real no mercado. Esse é o momento que mede a qualidade dos passos anteriores. Se você vislumbrou a lógica real na estratégia e obteve resultados satisfatórios em ambiente simulado, você terá a confiança necessária para partir para a conta real e terá os mesmos resultados do seu mentor, com a possiblidade, inclusive, de superá-lo.

Fique certo que se você seguir essas orientações, você estará encurtando o caminho e chegará ao êxito com menos desgaste e mais eficiência.

Grande Abraço e Atitude Vencedora Sempre!

André Antunes

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NA FORMAÇÃO DE TRADER

Por que a maioria das pessoas começa errado e perde dinheiro na Bolsa de Valores? Como não seguir esse caminho e encontrar informação de qualidade?

No artigo de hoje, farei uma reflexão sobre o excesso de informação sobre o mercado e como isso acaba prejudicando o início de muitas pessoas na Bolsa de Valores. Muitos optam por seguir pessoas que os orientem de forma equivocada, gerando perdas não só financeiras, como também de tempo e de energia.

Saber como escolher o melhor mentor é fundamental, não só pela direção a ser seguida, mas também para poupar tempo e recursos ao longo do processo.

Se você deseja saber como avaliar a qualidade do seu mentor e trilhar um caminho eficiente no trading, clique agora mesmo no link abaixo e confira o artigo de hoje. 

Grande Abraço e Atitude Vencedora!

André Antunes