COMO SABER SE É A SUA ESTRATÉGIA OU SE O MERCADO É QUEM MUDOU?

POR QUE O MERCADO NEM SEMPRE RESPEITA NÍVEIS DE PREÇO?
23 de julho de 2019
QUAL É O MOMENTO CERTO PARA AUMENTAR O LOTE?
25 de julho de 2019

Um dos grandes desafios dos traders está em se adaptar às diversas mudanças que o Mercado apresentará ao longo de toda a sua jornada no trading. E é natural que as primeiras mudanças sejam mais difíceis de perceber, pois o trader ainda não tem plena confiança em sua capacidade de fazer dinheiro, como também lhe falta a vivência necessária para identificar essa mudança.

Na maioria das vezes, quando uma mudança de mercado ocorre, é natural que, além de não percebê-la, surja a dúvida se é realmente o mercado que mudou ou se é a estratégia operacional que não funciona mais.

Ao longo da minha trajetória de mais de 10 anos atuando no mercado, já tive que me adaptar várias vezes, seja em razão de mudanças na estrutura de negociação do mercado, ou então pela entrada/saída de um participante até então relevante.

Fato é que flexibilidade e adaptação são características fundamenteis e você deve desenvolvê-las, caso queira permanecer no trading a longo prazo. O desenvolvimento dessas virtudes não vem do dia para a noite e nem acontece num passe de mágica. Leva tempo e experiência para desenvolvê-las.

Contudo, o caminho será menos tortuoso se você atender a esses 3 (três) pré-requisitos. O primeiro diz respeito ao conhecimento de mercado e isso nada tem a ver com estratégia. “Conhecer mercado” significa conhecer quem são os players que compram/vendem aquele ativo e como eles operam. Você precisa desse conhecimento, porque ainda que você opere preço e indicadores, o que realmente impacta e desloca a cotação do ativo são as atuações dos grandes players do mercado. Conhecer a lógica de atuação desses participantes fará você entender e aceitar com mais naturalidade as mudanças que ocorrerem no mercado, uma vez que essas mudanças são o resultado da interação desses players.

2º Critério: olhe as variáveis certas

O segundo critério é tão importante quanto o primeiro. Quando você olha somente preço, são mínimas as chances de você construir uma carreira no trading.

Isso ocorre porque quem olha preço tem uma visão muito superficial da realidade do mercado. Quando olhamos um gráfico, por exemplo, as únicas coisas que percebemos são a direção do preço, se o mercado está ou não em tendência e se ele está ou não volátil. 

Isso quer dizer que você não enxerga o que realmente mudou. Você não tem argumentos para apontar o que impactou a dinâmica de negociação entre os players.

Isso não acontece quando você olha as variáveis certas, sendo essas a agressão e o player envolvido. É a agressão que tem relação de causalidade com o deslocamento de preço e é só através dela que você percebe o grau de interesse e urgência do player em cima daquele ativo.

Quem olha a agressão passa a ver situações que antes não enxergava, como por exemplo, o tamanho do lote que está sendo executado no mercado, a intensidade da compra/venda e o intervalo de execução das ordens, eventos esses que permitem conhecer o tipo de player que está atuando e se essa atuação tem ou não potencial para deslocar preço.

Em outras palavras, o estudo da agressão te leva a conhecer o estilo de atuação do player e como se aproveitar de ineficiências geradas pelos grandes participantes do mercado. 

3º Ter coerência no que você faz no mercado

Apesar de ser algo subjetivo, é muito importante que o que você faz no mercado tenha relação direta com o deslocamento de preço. Operar em razão de métricas puramente estatísticas são verdadeiras armadilhas para uma carreira de longo prazo no trading.

Os grandes traders sabem exatamente o que tirar do mercado. Eles sabem nitidamente o tipo de ineficiência que vão explorar e o que fazer quando esse cenário condicional aparecer.

Traders consistentes seguem um mantra que os coloca em uma posição de neutralidade com o mercado, que é “a história não está escrita”.

É por isso que você não vê um profissional de mercado lamentando por não ter participado de uma grande movimentação do mercado. Muitas vezes, essa movimentação não trouxe nenhum sinal objetivo. Ela foi fruto de uma atuação pontual e não recorrente, que acionou outros stops. Portanto, era impossível participar desse movimento no intraday.

Os melhores traders conseguem descrever claramente a ineficiência que deve aparecer e sabem exatamente o que tirar do mercado, com base na realidade que ele apresenta.

Sem esse nível de discernimento e confiança, é impossível alcançar a consistência.

Espero que tenha gostado de mais este artigo e que ele ajude em sua trajetória no trading. Seguir esses critérios é o que tem me mantido atuante há mais de uma década no mercado. Tenho certeza que o mesmo acontecerá com você.

Grande Abraço e Atitude Vencedora Sempre!
André Antunes

E se você tem interesse em conhecer mais, recomendo que Matricule-se agora mesmo no Programa Gratuito Formação de Trader

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NA FORMAÇÃO DE TRADER