COMO OPERAR DÓLAR FUTURO?

porque a maioria dos traders fracassa
POR QUE MAIS DE 90% DOS TRADERS FRACASSA?
2 de setembro de 2019
o futuro do trading
O FUTURO DO TRADING SÃO OS ROBÔS?
4 de setembro de 2019
Como operar dólar futuro

          Os contratos e minicontratos de dólar são um dos derivativos mais populares para se operar Day Trade. Entretanto, se você ainda está dando os primeiros passos ou desconhece esse ativo, existem algumas coisas que você precisa saber antes de começar suas operações. Sendo assim, nesse artigo vamos falar sobre:

  1. O que é dólar futuro?
  2. Como operar dólar?
  3. Riscos do mercado de dólar futuro

O que é dólar futuro?

            Dólar futuro é um contrato de proteção negociado na Bolsa de Valores que consiste em prefixar um preço para o dólar em uma data futura. Desse modo, considerando esse valor prefixado, o objetivo do operador de dólar é lucrar com as variações ocorridas na cotação desse ativo durante o período de vigência do contrato, seja em posições compradas, nas quais a aposta é na subida do preço acima do valor prefixado, ou mesmo em posições vendidas.

            A principal razão da existência de um mercado futuro para o dólar é servir para operações de hedge, ou cobertura de risco. É comum encontrarmos empresas expostas ao risco cambial, isto é, sujeitas a variações bruscas na cotação do dólar, como acontece com importadoras e exportadoras. Para se protegerem dessa vulnerabilidade, essas companhias se valem dos contratos futuros de dólar com a intenção de obter maior previsibilidade em suas operações. Sobretudo na definição do preço que pagarão futuramente pelo dólar, protegendo-se, dessa forma, de movimentos adversos no câmbio.

            O dólar futuro pode ser negociado através do contrato cheio ou do minicontrato. O contrato cheio equivale a U$ 100.000,00 dólares, enquanto o minicontrato corresponde a 10% desse, ou seja, U$ 10.000,00 dólares.

            Também é importante lembrar que quando falamos de dólar futuro estamos falando de um derivativo. Logo, não há negociação física de dólar, mas ele é usado como parâmetro para a obrigação estabelecida. Assim sendo, o cálculo do quanto se perde ou se ganha na operação é obtido comparando a cotação do dólar fixada no contrato com o valor atual do dólar à vista.

Como operar dólar?

            Como o que está sendo negociado é o comportamento futuro do dólar e não o ativo em si, o montante de capital empregado será menor do que o valor do contrato. Entretanto, será preciso depositar uma quantia a título de garantia em sua conta na corretora, que será o mínimo necessário para compensar o resultado final obtido em suas operações. Como a margem exigida varia de corretora para corretora, você precisará pesquisar e ver a que mais se adequa aos seus objetivos.

            Outra característica do fato de estarmos operando um derivativo é a possibilidade de alavancagem. Graças a esse instituto, é possível obter ganhos mais expressivos, pois o trader opera um capital muito maior do que o que realmente possui. Em se tratando do dólar futuro, a presença de alavancagem se mostra ainda mais necessária, já que, por estar vinculado a uma moeda, a variação na cotação deste ativo na maioria das vezes tende a ser pequena, quase que restrita à terceira casa decimal, fato este que tornaria desinteressante qualquer operação com pouco capital envolvido.

            Em virtude dessas minúsculas variações, o dólar futuro se mostra um excelente ativo para realização de operações de scalping, já que uma das premissas desse tipo de estratégia é auferir lucro em pequenos movimentos de mercado, porém mais frequentes ao longo do dia.

            Além disso, o dólar futuro é um ativo de alta liquidez, o que acaba sendo mais um atrativo para day traders.

Riscos de mercado no dólar futuro

            O dólar futuro apresenta excelentes oportunidades de ganhos para traders experientes, mas, antes de começar a operar este mercado, é preciso conhecer os riscos envolvidos.

            O Dólar futuro é considerado um derivativo voltado para traders com relativa experiência e alto apetite de risco. Por conseguinte, evite começar por ele caso você esteja dando os seus primeiros passos na Renda Variável.

            Isso porque a mesma alavancagem que te ajuda a obter maiores ganhos em suas operações também pode te fazer perder uma quantidade gigantesca de dinheiro no caso de o mercado se mover contra a sua posição. Isto posto, diferentemente de uma operação comum do mercado à vista (em que o máximo que você perderá são os 100% do capital empregados), no mercado futuro existe a possibilidade de perder mais do que esses 100%, uma vez que as variações são calculadas baseadas em um montante bem superior à margem de garantia depositada.

            Portanto, conhecimento de mercado, experiência, treinamento e, principalmente, uma gestão de risco extremamente eficiente são vitais a quem deseja operar dólar futuro. Este definitivamente não é um ativo para iniciantes.