BOLETA

O termo é usado desde a época do pregão viva-voz, quando os operadores preenchiam boletas de papel indicando o preço da operação, o lote, se compra/venda e o seu código de operador juntamente com o código do operador da contraparte. Depois de preenchidas, estas boletas eram repassadas ao auxiliar de pregão que as enviava no “tobogã” para que a conferência fosse realizada e os negócios registrados.

boleta

Atualmente, com o mercado eletrônico, a boleta é usada para enviar as ordens ao mercado, sejam elas: ordens limitadas, ordens a mercado, ordens stop ou qualquer outra ordem derivada dessas.

Os campos de uma boleta costumam ser amplos, pois cada player tem uma demanda em especial. Um broker (participante do mercado que atende diversos clientes), por exemplo, precisa ter flexibilidade para digitar o código de seus clientes e também para digitar as quantidades, pois cada cliente tem um operacional diferente.

Já no nosso caso, nós pré cadastramos nosso código de cliente e podemos omitir esse campo já que não vamos enviar ordem para ninguém, a não ser para nós mesmos. Além disso, colocamos o foco (ou seja, primeiro campo possível de ser digitado ao abrir a boleta) no preço, já que somos giradores e nossa quantidade de lotes costuma ser fixa.

Cada plataforma tem uma boleta e uma forma de configurar, mas praticamente todas elas são passíveis de customização. Abaixo seguem exemplos de uma boleta da ‘Profit Chart’ e outra da ‘GL Sungard’:

boleta-1

Há ainda outras formas de negociação como o DOM (Depth of Market), em que não existe necessariamente uma boleta. Você pré-configura o código de cliente juntamente com o lote padrão, a partir daí envia ordens limitadas ou a mercado apenas com um click ao lado do preço. São plataformas ou funcionalidades chamadas one click.

boleta-2

Apesar de economizar um click, nós ainda preferimos abrir a boleta com o botão direito e executar com o esquerdo, pois garante precisão no preço da execução. Na funcionalidade one click, se o preço mudar, você tem que reajustar a seta para cima ou para baixo a fim de executar no mesmo preço.

 

Quer conhecer outros Jargões utilizados pelos traders profissionais?

Cadastre seu e-mail no campo abaixo e receba gratuitamente um exemplar do Ebook “Jargões do Trader“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo