BLEFE NO BOOK DE OFERTAS

Blefar é o ato de colocar ordens limitadas no Book de Ofertas, sem intuito de efetivamente ter esse lote executado. Os blefes costumam ser feitos por players para enganar o mercado, ou seja, outros players que estão olhando a tela e também os HFTs (High Frequency Traders).

Nós identificamos um blefe quando a ordem é sistematicamente alterada, ou seja, quando o lote não fica muito tempo em determinado nível de preço. Além disso, mapeamos se ordens similares estão sendo enviadas a mercado, para aumentar a chance de distinguirmos entre possível blefe ou lote real que está aguardando execução.

Há diversos tipos de blefes, os mais comuns são:

– Colocar lotes grandes na compra (blefando) com intenção de chamar players na compra para depois vender;

– Blefar lotes grandes na compra com intenção de chamar players na compra e fazer o mercado subir. E vice-versa;

– Colocar lotes na compra e na venda, aleatoriamente, a fim de enganar o mercado sobre a real intenção;

– Colocar lotes para sentir o apetite do mercado em determinados níveis de preço.

Todos os players do mercado podem blefar, basta que tenham lotes liberados e apetite para isso. O mercado só dá importância para lotes significativos (ou somatória de lotes). Dessa forma, blefar é uma estratégia bem arriscada para um trader pessoa física, pois seria facilmente agredido por um player maior.

Por fim, muitos críticos à análise de fluxo de ordens usam os blefes como principal argumento para criticar o método. Entretanto, reafirmo que, o que poucos sabem é que o principal fluxo a ser considerado é o fluxo de agressão, que é invisível no Book de Ofertas. O Book de Ofertas mostra a intenção dos players e obviamente existem os blefes, mas o fluxo que realmente importa é o fluxo agredido, ou seja, as ordens que consomem liquidez das ordens limitadas e geram os negócios.

 

 

Quer conhecer outros Jargões utilizados pelos traders profissionais?

Cadastre seu e-mail no campo abaixo e receba gratuitamente um exemplar do Ebook “Jargões do Trader“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo