ACEITANDO PLENAMENTE O RISCO AO OPERAR

stop loss no trade
COM QUANTOS PONTOS DEVO STOPAR UMA POSIÇÃO?
3 de julho de 2019
Encontrar bons trades
COMO ENCONTRAR BONS TRADES?
5 de julho de 2019

Há mais ou menos uns dois meses, conversei com um antigo trader que não via há anos. Ele estava fora do mercado há um bom tempo e decidiu voltar a operar. Devido ao tempo de afastamento, ele decidiu seguir chats de corretoras para se adaptar ao mercado atual e me reportou um problema que será o tema do artigo de hoje.

A dificuldade que ele me apontou é mais comum do que eu ou você podemos imaginar. Como ele já tinha certa experiência operacional, muitas vezes ele estava analisando a tela, sentia que era pra comprar ou vender em determinado momento, mas como os professores dos chats não tinham a mesma visão que a dele, ele acabava deixando passar a operação. E o contrário também acontecia: o pessoal do chat falava que era para abrir uma posição no mercado, mas como seu entendimento era diverso, ele acabava não clicando.

Resumo da história: ele estava sem confiança total no que fazia e com uma enorme frustração por não estar operando corretamente.

Leva-se tempo para desenvolver lógica operacional

O problema que ele estava passando me fez lembrar o meu início como trader autônomo, que coincidiu com a minha saída definitiva do ramo de TI. Eu estava em uma corretora, sem conhecimento algum de mercado. Via os mais experientes fazendo financeiros inimagináveis, ao passo que eu não fazia ideia do que olhar na tela, de como interpretar a informação, onde clicar etc.

Um desses traders mais experientes era realmente muito bom, eu diria que um dos melhores que já vi atuando no dólar. Tomei a liberdade de sentar ao lado dele nos primeiros meses de mercado, mas engana-se quem pensa que ele me falava a hora de comprar ou vender. O que ele compartilhou e, certamente, teve muito mais valor, foi a sua percepção de mercado. Sempre que ele notava algo importante, ele me falava: “Olha, aqui segurou, aqui não. Aqui está mais comprador, ali está mais vendedor” e outros jargões típicos de mercado.

Como era o meu primeiro contato com este mundo, eu me colocava em uma condição de inferioridade perante ele, sobretudo em relação à sua experiência de mercado, ao seu conhecimento e a sua lógica operacional. Pra ser sincero, eu abdicava da minha própria opinião e sempre que tinha algum insight incompatível com a visão dele, eu automaticamente tirava esse pensamento da minha cabeça.

Contudo, depois de uns 4 ou 5 meses, é natural que qualquer pessoa comece a desenvolver a própria lógica operacional, que nada mais é do que a identificação de uma relação de causa e efeito entre os eventos que você observa lendo a tela. 

Por exemplo: mercado está trabalhando numa área entre o 5,0 e 8,0, negociando muito lote. Logo, eu entendo que se o mercado perder o 5,0, ele pode cair, e se ele ganhar o 8,0, pode subir. Ah, mas por que você acredita nisso? Porque se há briga nesta faixa de preço, obviamente que isto depende do contexto. 

Não é em qualquer cenário (se o mercado está com pouca volatilidade, por exemplo, e isto não vale muito), mas é natural que o mercado ande um pouco quando perder um desses extremos. Isso acontece porque os players que ali se posicionaram podem, eventualmente, stopar a posição. Aliás, não necessariamente será um stop, pois o player que estiver montando a posição na compra ou na venda, quando o mercado estoura para o lado dele, pode dar continuidade a essa montagem abrindo espaço para que nós, traders oportunistas, possamos participar do movimento.

Com o passar do tempo, a lógica operacional vai ficando cada vez mais pessoal

Quando você começar a desenvolver lógica operacional, é natural conflitar seu entendimento com o de alguém mais experiente. Isso acontece porque você não se colocará mais em uma posição de inferioridade e passará a tomar suas próprias decisões. Ou seja, quando eu comecei a desenvolver a minha própria lógica, eu não me coloquei mais em uma condição inferior a esse cara, eu comecei a clicar por conta própria.

E este é um processo comum, porque aceitação de risco de cada trader é individual. Eu aceito um risco por causa do meu conhecimento e diversos outros fatores, você aceitará outro e por aí vai. Cada um tem o seu próprio nível de aceitação de risco, mesmo que opere dentro de uma lógica similar.

É a partir deste momento que sua confiança aumenta consideravelmente, porque você já será capaz de tomar decisões sozinho. Além do mais, ficar escolhendo entre as sacadas de alguém mais experiente e as suas certamente colocará sua cabeça em parafuso.

Portanto, tenha em mente que no momento em que sua opinião começar a ficar assertiva, é chegada a hora de buscar um novo patamar, de investir na sua própria lógica, na sua construção de raciocínio. É justamente o corte deste “cordão umbilical” que considero a segunda decisão mais difícil de um trader.

Bem, espero que tenha gostado de mais este artigo.

Grande Abraço e Atitude Vencedora Sempre!
André Antunes

E se você tem interesse em conhecer mais, recomendo que Matricule-se agora mesmo no Programa Gratuito Formação de Trader

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NA FORMAÇÃO DE TRADER