Google

Trader Discricionário ou Trader Mecânico

por

Neste artigo vou descrever as principais diferenças entre traders mecânicos e traders discricionários e ao final vou explicar porque a discrição é essencial quando o assunto é mercado.

Vamos começar definindo trader mecânico

Trading mecânico ou sistemático como é conhecido nos EUA é o estilo cuja tomada de decisão não depende do ser humano. Não significa que a ordem será enviada automaticamente, mas que a decisão de entrar e sair do mercado será tomada por um conjunto de variáveis pré-estabelecidas, não necessitando do julgamento do ser humano na tomada de decisão.

Um bom exemplo de trading mecânico é rompimento de médias móveis, ou cruzamento de MACD, etc.. É possível transformar em sistema qualquer variável ou combinação delas que você consiga detalhar a entrada e saída com gain ou no stop (zero a zero ou perdendo).

Essa não interferência na tomada de decisão facilita a vida do trader, pois reduz significativamente o stress de ter que tomar decisão com frequência. Pode parecer que não, mas muitas pessoas fogem da necessidade de ter que tomar decisões num ambiente de pura incerteza que é o mercado.

E o trader discricionário?

O trader discricionário, em oposição ao mecânico, é aquele que toma a decisão de entrar e sair do mercado por seu próprio julgamento. Não significa que é sorte, loteria, ou feeling puro, mas que a decisão de entrar e sair do mercado será sempre julgada e avaliada pelo trader.

Um trader discricionário pode sim ter (e de fato costumamos ter) um conjunto de regras similares ao trader mecânico, porém, diferentemente deste último, a palavra final sobre entrar e sair da operação é sempre do trader.

E o que você acha que é mais fácil, operar de forma mecânica ou discricionária?

Claramente a forma discricionária é mais difícil, pois, além de definir as regras para se operar o trader deve a todo instante estar tomando decisão de clicar ou não. Isso requer muito mais habilidade do que trading mecânico.

Ok, que é mais difícil deu para perceber, mas e qual é mais adequado?

Ótima pergunta!

Bom deixa eu te contar uma história. Eu tive muita sorte de ter passado a maior parte da minha carreira profissional (antes de me tornar trader independente) na corretora que concentrou os melhores traders pessoas físicas do Brasil. Estes traders tinham (alguns têm até hoje) resultados expressivos e regulares e acabei aprendendo muito pela proximidade com estes caras.

Eu costumava fazer algumas perguntas como: o que você olha para operar? Ou ainda o que te motivou comprar ali e segurar? E coisas do tipo.

Agora peço para que tente adivinhar que tipo de reposta eu obtinha. Você acha que as respostas eram claras e objetivas ou abstratas?

Se chutou“abstratas’ você acertou!

A maioria dos traders não tinha uma regra única e objetiva, ou seja, seus operacionais não eram replicáveis de forma mecânica. Cada hora era um motivador da operação, cada hora tinha uma variável nova que influenciava e dificultava a explicação.

Bom, eu agradeço até hoje por ter tido proximidade com esses traders. Minha conta agradeceu, pois me custou pouco (na verdade quase nada) para eu perceber que mecanização pura não era o caminho dos resultados consistentes.

Tá bom André, mas por que a mecanização pura não é o caminho? Dê-me uma razão.

Bom, não sei se já se cadastrou em nossa lista de e-mail. Se já se cadastrou deve ter recebido diversos e-mails e deve saber a resposta para essa pergunta. Se não se cadastrou, sugiro que se cadastre porque é gratuito e tem muito conteúdo de qualidade (além de ser exclusivo para assinantes para cadastrados por e-mail).

Mas, para você não sair sem nenhuma explicação vou dar uma razão diferente das razões encontradas no mailing.

O mercado está em constante transformação e por isso deve ser encarado sempre de forma contextual. É improvável que uma regra pronta funcione em diversas condições de mercado. Quando você sistematiza uma regra, você cria uma fórmula e pressupõe que essa fórmula que funcionou até ontem vai ser capaz de continuar funcionando amanhã.

Se você tem mais de 2 anos de mercado você sabe que essa afirmação não é verdadeira. Quantas vezes já viu um trading system (mecânico) que gerava ótimos resultados em backtests simplesmente parecerem a pior estratégia do mundo? Se ainda não viu infelizmente terá que ver para acreditar, que o mercado está em constante transformação. A dinâmica de cada mercado muda com frequência alterando consequentemente a forma de operar.

Não significa que agente muda nosso estilo ou conceito operacional. As crenças em cima do fluxo das ordens continuam as mesmas, mas adaptamos instantaneamente em função do que o mercado está mostrando no momento.

Olhe que se eu tivesse escrevendo este artigo em 2010/2011 eu diria que discrição pura era o melhor caminho. Hoje, contudo, ainda acredito que só a discrição gera resultados consistentes, porém, acredito também que os traders devem adicionar mecanização e certo grau de automação em seus operacionais. Os dados estão cada vez maiores e sem automação de alguns procedimentos fica muito difícil de perceber visualmente e compilar mentalmente as informações.

Repare que não disse mecanização e automação de todo o operacional. Eu acredito que é necessária mecanização da compilação de dados, mecanização de alguns setups baseados em fluxo de ordens que ficam difíceis de serem percebidos com Tape Reading (leitura de fluxo de ordens) apenas visual.

Já há algum tempo eu e o André Antunes, desenvolvemos ferramentas que compilam variáveis de fluxo de ordens. Quem já viu uma de nossas telas deve ter reparado uma planilha com fundo preto e uns detalhes em vermelho. É uma forma que encontramos de compilar os dados de book de ofertas e histórico e transformar em informação relevante.

Aos poucos estamos buscando adaptação e sermos melhores do que fomos ontem…

Te esperamos nos próximos posts.

E se você tem interesse em conhecer mais sobre nosso perfil operacional, recomendo que participe do nosso treinamento gratuito:

curso-gratuito

Grande Abraço e Atitude Vencedora!
André Antunes e André Hanna

A Scalper Trader acredita que é possível ter lucros consistentes no Day Trade. Assim, nós acreditamos que ao difundir conhecimento e habilidades específicas, estamos colaborando com o desenvolvimento dos traders.

10 Comments to Trader Discricionário ou Trader Mecânico

Deixe seu comentário aqui

  1. Fala Thiago, Tudo Bem? Obrigado pelo contato! Que bom nosso conteúdo esta te ajudando, continue conosco nessa.. Grande Abraço, Atitude Vencedora!!

  2. Thiago Rodrigues Morais

    Muito bom o conteúdo!!! Estou aprendo muito com as aulas!

  3. Scalper Trader

    Olá Fabio tudo bem? Obrigado pela participação. É muito importante que as pessoas participem, pois enriquece a discussão. Então, eu concordo parcialmente com o que disse. No curto prazo, o mercado não parece ter muita logica mesmo, mas num prazo maior os ativos tendem a refletir os fundamentos. A grande questão é a “limitação” a que nós como pessoas físicas e price takers estamos expostos. Nem sempre o que temos acesso pelo jornal é o que esta sendo discutido nos bastidores. E nem sempre, nós temos a capacidade de avaliar um cenário da forma com que tesoureiros e grandes economistas de bancos o fazem. Nós podemos olhar para o mesmo cenário que eles, mas tirarmos conclusões diferentes, pois temos crenças e opiniões diferentes e ou viesadas sobre o futuro. Se levar isso em conta, eu concordo plenamente com o que disse. Nós como price takers só temos capacidade de tirar conclusões sobre o que os price makers estão fazendo (independente se alguém faz via gráfico ou nós via fluxo de ordens). Grande abs.

  4. Scalper Trader

    Olá João, obrigado pelo feedback. Na verdade nós não acreditamos no segredo! Não existe um segredo em si, mas sim uma forma de abordar o mercado. Nós nos preocupamos em passar essa forma de abordar, mas o sucesso de cada um depende, exclusivamente, de quanta energia cada um vai colocar em desenvolver as habilidades necessárias para se operar. O segredo está em desenvolver as habilidades e não em replicar um setup, até porque esse setup que parece infalível, um dia vai parar de funcionar de forma definitiva. Grande abs.

  5. Fabio Neto

    AT ou AF , uns dizem ser o mesmo , outros dizem serem coisas distintas eu respeiti – conheço cara ganhador usando só gráfico – mas não consigo operar.Acho que é a maneira que fui ” adestrado” , sempre operei feeling , ou como diz meu amigo Abreu ” sentimento de feeling” .
    Há 2 anos fora – não totalmente , as vezes ainda brinco – deste mercado e assistindo certos bancos comprarem 12K de Petr4 a ex: 14,02 e vender os mesmos 12K a 14,03 no HF não mudaram minha cabeça , ainda que seja olhando uma tela eu sinto a tendência.Evidente que meu feeling errou muitas vezes , mas mesmo quando errou eu entrei com cabeça feita.
    Importante , minha humilde opinião , dizer que este mercado ( principalmente ações) , não segue lógica , no CP e no MP não segue Macroeconomia e só obedecem quem tem ” bala” ou informação.

    Abraços,

    Fabio.

  6. joao marcelo f a de oliveira

    Parabens pela iniciativa de voces dois !!!
    Vcs estao fazendo um bem danado àqueles q como eu, querem vencer na bolsa.
    De fato, louvavel.
    Normamente grande parte dos traders q estao se dando bem, escondem suas tecnicas.
    Espero q com esse trabalho mais gente entre no mercado e com isso a liquidez só aumente.
    Na expectativa dos proximos emails…

    Abs,
    Joao Marcelo

  7. Mário Xavier

    Bom dia,
    Gostaria de fazer o cadastro no site.
    Att,
    Mário Xavier