Google Psicologia do Trade e Tape Reading

Psicologia do Trade e Tape Reading

por

O Alan é irmão gêmeo do Alex (da outra entrevista)… Além de serem idênticos, ambos são traders!

A única diferença entre os 2 é que o Alan começou a operar de uma outra forma e por um motivo diferente, além de ter tido a bagagem de operar para terceiros (em com bastante lote).

Anotei alguns tópicos que abordamos no vídeo e que talvez você goste de ver resumido:

Eu sinceramente espero que você sinta o mesmo prazer em assistir a palestra, que eu senti quando gravei ela pra você!

Logo no começo da conversa você vai perceber que uma coisa que poucas pessoas percebem: Nem todo trader vira trader por vontade. Às vezes é preciso algum empurrão…

Outro aspecto que não dá para deixar de lado nessa conversa é que eles (dois irmãos) não têm vergonha de falar de perdas e das lições que aprenderam com elas.

Essa simplicidade e a humildade para falarem de suas perdas é motivo de extrema admiração da minha parte não só como day trader, mas também como pessoa.

Ele fala uma frase que você deveria guardar pra sempre “Tudo pode acontecer… Se você está numa posição sempre pense no pior”!

O Alan já operou com lote bem grande sem limite de posição em aberto na plataforma e na corretora… E fala que não ter um limite, pode te deixar fazer loucura no mercado, mas de um tempo para cá, ele colocou esses limites.

Palavras dele “Saber aceitar perder… você fica mais tranquilo para não ter um dia de fúria”.

Ele faz Coaching para ajudar no trading, mas não com especialistas de mercado e sim com uma pessoa que faz ele se questionar!

História do fusca azul! Pense num fusca azul. Agora não pense num fusca azul! É quase impossível não pensar porque ele vem à cabeça. Dessa forma, uma atitude errada pode estragar seu operacional… Isso é o começo daquela conversa negativa, daquela voz interior negativa que as vezes costuma vir à nossa cabeça.

O ponto mais interessante para mim foi a discussão de: trabalhar o dia todo ou bater a meta e desligar? Para ele o ambiente da corretora onde ele operava, não o deixava ir embora!

Olha só a sacada que ele dá: “No seu subconsciente quando você alcança o que planejou, daí pra frente sua mente entende que não tem mais responsabilidade. A lição é respeitar a meta.”

A partir do minuto 21:00 ele fala sobre a visão dele de mercado cambial brasileiro.

Espero que você tenha gostado dessa entrevista e que ela de alguma forma te ajude a evoluir como day trader.

 

E se você tem interesse em conhecer mais sobre nosso perfil operacional, recomendo que participe do nosso treinamento gratuito:

curso-gratuito

A Scalper Trader acredita que é possível ter lucros consistentes no Day Trade. Assim, nós acreditamos que ao difundir conhecimento e habilidades específicas, estamos colaborando com o desenvolvimento dos traders.

Deixe seu comentário aqui