Google

Price Taker e Price Maker – o que é isso?

por

Alguns leitores já devem ter assistido uma de nossas palestras gratuitas chamada “O que eu gostaria que tivessem me dito, antes de eu começar a operar.” Bom nessa palestra nós falamos sobre vários conceitos que são pouco entendidos entre as pessoas físicas e que são determinantes para seu sucesso como day trader.

Um desses conceitos é o de price maker e price taker.

Price Maker é o player que pelo próprio tamanho de seu lote total, faz o mercado andar. Isso porque para entrar e sair do mercado (na compra ou na venda) vai consumir a liquidez em vários níveis de preço, deslocando o mercado até acabar seu lote.

Quem são os price makers?

Bom depende de cada mercado. Cada ativo tem sua dinâmica particular. No mercado de equities (ações), por exemplo, o maior grupo de players é o de institucionais (fundos de investimentos). Imagine um gestor de um fundo de ações que trabalhe no Banco do Brasil (uma das maiores casas de gestão do Brasil). Um gestor deve gerir cerca de R$ 5 ou R$ 10bilhões de reais em ações (entre fundos passivos, setoriais e ativos). Imagine que esse gestor decida reduzir sua exposição no setor de petróleo por acreditar que não existe upside nas ações dada a interferência do governo na Petrobras.

Como Petrobras representa +- 8,5% do Ibovespa, esse gestor deve ter em sua carteira algo em torno de R$ 425 milhões de reais em Petrobras (se o benchmark do fundo for o Ibovespa e ele estivesse em uma posição neutra). Se o gestor decidir reduzir a exposição do papel para 8% da carteira (o que é absolutamente factível dependendo da política do fundo), ele deverá vender aproximadamente 1,6 milhões de ações. Será que os preços caem quando alguém decide vender essa quantidade? Se não houver um comprador com as mesmas proporções, certamente o preço deverá cair enquanto as ordens desse gestor estiverem sendo executadas.

Outro exemplo é uma tesouraria de um grande banco atuando no dólar futuro. Quantos lotes você acha que um tesoureiro tem de limite para fazer uma posição na moeda? Depende do banco e depende do cenário, é claro. Mas é comum que bancos como o Bradesco, Itau,Pactual e etc. fiquem expostos em 10.000, 15.000 mil contratos. As vezes muito mais que isso…

Agora te pergunto, é possível comprar 10.000 lotes de dólar sem ter que pagar mais caro para entrar no mercado?

Claro que não!

O simples fato de alguém decidir comprar ou vender vai fazer o mercado andar, pois terá que consumir a liquidez em vários níveis de preço para achar a contraparte para o lote todo.Isso está presente todos os dias e em todos os demais ativos, como DI (taxa de juros), opções, Índice Futuro e etc… Todos possuem particularidades. Em cada ativo tem uma dinâmica diferente e consequentemente o conjunto de players também é diferente.

E quem são os price takers?

Os price takers, são os players que não possuem lote suficiente para impactar no mercado a ponto de fazê-lo oscilar. Da mesma forma, como citei um pouco antes, cada mercado e ativo tem sua particularidade. Não posso afirmar que as pessoas físicas são, necessariamente, price taker, pois se alguém decidir comprar 5 milhões de reais de uma única ação, o preço desta ação deverá oscilar, pelo menos enquanto este player estiver montando sua posição.

Um bom exemplo disso é o mercado de opções sobre ações. Quem conhece bem este mercado, sabe que alguns dias, quem efetivamente compra ou vende lotes significativos são algumas pessoas físicas. Há muita especulação de quem são estes players, mas isso pouco importa e não vou colocar mais lenha na fogueira. O que importa é que fazem apostas monstruosas nas opções, chegando a ficar expostos em 5 milhões de opções.

Bom, você já percebeu que não dá para definir quem efetivamente é price taker e quem é price maker. O que sugiro que leve em conta é o conceito de quanto impacto causa no mercado o fato de um player decidir comprar ou vender. Isso é que define se é um price maker ou price taker.

Por exemplo, eu sou puramente price taker nas minhas operações. Eu opero mais o dólar, mas também clico no DI e as vezes nas opções. Em todos os mercados, o meu lote não influencia (de forma significativa) na evolução daquele preço.

Muito provavelmente você também é price taker em suas operações.

Esta definição de price taker e price maker é muito importante, pois determina inclusive, a escolha do estilo/conceito operacional a ser usado como embasamento do processo decisório.

Price makers, naturalmente devem ter opinião, análise e expectativa sobre a direção futura dos preços. Estes players geralmente são bem relacionados, possuem acesso à informação e contam com uma experiente e significativa área de economia e análise que os ajuda a identificar probabilidades. Estes players se preocupam mais com o que vai acontecer do que com o que já aconteceu.

Os price takers, por sua vez, não possuem o mesmo grau de relacionamento e muito menos acesso às áreas de economia e análise que os grandes players possuem. Essa “desvantagem” de acesso à informação naturalmente gera uma “desvantagem” na esfera analítica, ou seja, tornando qualquer opinião ou expectativa um pouco mais atrasada. Estes players são forçados, tanto pela desvantagem de informação quanto pela movimentação dos price maker no mercado, a embasarem suas análises mais em dados correntes sobre o próprio ativo do que em expectativa sobre o que vai acontecer baseado em cenários.

O que quero dizer aqui é que o price maker tem condições de avaliar os fundamentos e criar uma expectativa sobre a direção dos preços, enquanto o price taker não possui, ou possui grande desvantagem.

Traduzindo em português mais claro, o processo decisório do price taker é baseado em conceitos ou estilos operacionais que dependam de extrair informação do próprio mercado que esta operando, como por exemplo: preço, volume, e as variáveis que usamos na leitura de fluxo de ordens.

E sabe por que eu escrevi sobre isso?

Porque acredito que tenha que assimilar que nem todos os players operam da mesma forma que você. Quem nem todos os players têm o mesmo tamanho que você. Quem nem todos os players buscam a mesma coisa que você… E por ai vai.

Conhecer esse conceito não vai te ajudar a virar o jogo e sair ganhando amanhã, mas com certeza vai ajudar a solidificar a base do conhecimento necessário para adequar a sua estratégia para tirar proveito da atuação de quem realmente faz o mercado andar.

Te esperamos nos próximos posts.

E se você tem interesse em conhecer mais sobre nosso perfil operacional, recomendo que participe do nosso treinamento gratuito:

curso-gratuito

Grande Abraço e Atitude Vencedora!

André Antunes e André Hanna

A Scalper Trader acredita que é possível ter lucros consistentes no Day Trade. Assim, nós acreditamos que ao difundir conhecimento e habilidades específicas, estamos colaborando com o desenvolvimento dos traders.

6 Comments to Price Taker e Price Maker – o que é isso?

Deixe seu comentário aqui

  1. Fala Tiago, tudo bem? Obrigado pelo comentário e por estar aqui conosco! Ficamos felizes em contribuir com sua evolução! Espero que o nosso material ajude sempre! Conte conosco em sua jornada! Qualquer duvida nos envie e-mail para [email protected] Grande Abraço!

  2. De todas as pesquisas que fiz sobre Day Trade a Scalper Trader é um dos poucos canais de informação e conhecimento que realmente fala o que é fundamental para que Traders se tornem consistentes, de forma clara e honesta, com muito conteúdo gratuito gerando credibilidade, espero um dia quando conseguir viver de mercado ter vcs solidificados nos meus alicerces.

  3. Edivaldo

    Obrigado pelo conteúdo, eu acredito que conhecer cada conceito vai me ajudar a solidificar a base do meu conhecimento para encarar o mercado.