Google

Por que eu não uso DOM pra operar Dólar

por

Muita gente nos pergunta por que nós não usamos o SUPER DOM (ou book vertical, ou de régua como é chamado) e eu gravei esse vídeo aqui para falar minha opinião. As pessoas acham que é só uma questão de costume pelo fato de na época que a gente começou operar não ter DOM no Brasil, mas não é só por isso… Claro que o costume contribui, mas você vai ver que tem um motivo a mais. E se você não conhece um Super DOM ou o Livro de Preços olha eles na tela.

Então, vamos lá… Nos primeiros DOMS do Brasil tinham um problema sério, mas que já foi resolvido… O problema era que a régua subia e descia com a oscilação de preço e era difícil de acompanhar quantos lotes tinha no book na compra e na venda porque toda hora o campo visual mudava… Pode parecer que não, mas você quando a régua anda, você tem que avaliar 2 coisas: a 1º é acompanhar a mudança da caixa onde está o lote e a 2º é avaliar o número (o tamanho do lote)… No book normal (vamos chamar assim)… a informação está sempre no mesmo lugar… Mas como eu disse isso mudou e por esse aspecto não teria mais diferença.

Agora um ponto positivo pro DOM… a maior parte das execuções são em 1 clique enquanto na maior parte dos books horizontais a execução é em 2 cliques. Então, André, mas se rapidez é determinante no trade, vocês não teriam que operar por DOM?

E a gente não usa Dom pra operar dólar pelo motivo que vou te explica agora. Digamos que eu queira comprar a 7 por exemplo… mas nesse cenário eu não quero pendurar a ordem… eu quero esperar agredirem parte do lote a 7 (pra eu perceber que não estou sozinho) e quando agredirem parte do lote eu clico… O problema é que se acabar toda a venda a 7 (porque tomaram tudo numa ordem única por exemplo), quando eu clicar naquela caixa, a régua vai ter atualizado e eu vou acabar comprando a 7,5 que era o próximo nível de preço. Ou seja, com o DOM eu perco a sensibilidade do preço exato que eu quero atuar…

Ah André, mas é só 0,5 no dólar e você só perde isso quando agride… mas se você juntar 0,5 na entrada e 0,5 na saída, já da 1 ponto e na maior parte do ano o mercado está com volatilidade mais baixa e tem muito giro que eu faço que acaba dando só 1 ponto mesmo! Claro que em mercados rápidos como o da semana passada, 0,5 não é nada, mas na maior parte do tempo o preço é muito disputado e eu não posso correr o risco de não controlar o preço máximo que eu estou pagando ou vendendo.

E aqui eu quero deixar claro uma coisa… esse conceito que eu falei é válido pra ativos que costumam ter um pouco mais de lotes em cada nível de preço como dólar, o DI, as opções e algumas ações baratas… Índice e qualquer outro ativo que a fila acaba rápido ou que costuma ter pouco lote, o Dom é mais aconselhável pela garantia de execução e porque nesses ativos, comprar 1 ou 2 ticks pior do que o planejado não muda tanto o resultado final.

Mas isso não significa que você não possa operar qualquer ativo pelo SuperDOM ou pelo Book de Ofertas… porque a variável mais importante nos seus resultados não é a ferramenta que você clica… mas sim a sua interpretação em relação ao mercado naquele momento.

Dê o 1º passo para extrair informações do fluxo de ordens fazendo o treinamento gratuito de introdução ao Tape Reading:

curso-gratuito

Grande Abraço!
André Antunes

 

A Scalper Trader acredita que é possível ter lucros consistentes no Day Trade. Assim, nós acreditamos que ao difundir conhecimento e habilidades específicas, estamos colaborando com o desenvolvimento dos traders.

Deixe seu comentário aqui