Google

O que aprendi com o mercado…

por

É muito provável que você já tenha parado para pensar que dedica quase um terço de sua vida ao seu trabalho. Não seria, portanto, fundamental, que sua carreira faça sentido e colabore com seu crescimento como pessoa? Acredito que uma das formas de validar esse seu esforço é trazer para sua vida pessoal aprendizados destas oito horas em que você produz para a sociedade.

Em meus cinco anos de experiência no mercado financeiro, comprendi que, infelizmente, enquanto a saúde não falta, o dinheiro é a coisa mais importante na vida das pessoas, e que a relação de ganância e medo é capaz de trazer à tona o pior de todos os seres humanos. Durante minha jornada pude escolher entre me deixar cegar por estes sentimentos negativos, ou aprender com eles, e a partir disso, alimentar meu cotidiano de lições que facilmente se adaptam às mais diversas
situações. E é isso que gostaria de compartilhar: o que o mercado financeiro me ensinou. E ficaria muito feliz se, da mesma forma, cada um de vocês também pudesse dividir conosco tudo aquilo que
aprendeu.

1. Não existe dinheiro fácil: o primeiro passo para ser enganado é ter a ingenuidade de que se é merecedor de grandes quantias com pouco esforço. Se alguém lhe diz que é possível
ficar iliónario rapidamente, duvide. É muito provável que essa pessoa esteja se utilizando
de sua ambição cega para extrair alguma vantagem. Todo crescimento sólido exige processo,
conhecimento e dedicação.

2. Não se deixe enganar pelas aparências: os maiores bandidos do nosso país usam terno e gravata. Além disso, os clientes mais bem sucedidos financeiramente que conheci, eram também os mais simples. Pessoas ricas e inteligentes sabem bem que a arrogância não é vantajosa em nenhum aspecto.

3. Se você não corre riscos, nunca deixará de ser medíocre: e essa lição se aplica a qualquer área de nossas vidas. Toda mudança e toda conquista dependem de atitudes que muitas vezes nos levam ao desconhecido. Se você tem medo de arriscar, certamente não terá tranquilidade para tomar as decisões corretas e necessárias para o sucesso.

4. Você pode acertar muito, mas SEMPRE vai tropeçar em algum momento: todo mundo está sujeito ao erro. A sabedoria verdadeira não consiste em acertar sempre, mas sim na humildade de conhecer seus tombos e na rapidez com que você se levanta. O importante é tentar sempre minimizar os erros e maximizar os acertos.

5. O dinheiro pode destruir grandes amizades, procure não misturar as coisas: é muito fácil perder o equilíbrio emocional quando o assunto é dinheiro. E é muito fácil perder a frieza necessária para lidar com dinheiro quando temos sentimentos envolvidos. Meus anos como broker me ensinaram a nunca cuidar das finanças de grandes amigos: a amizade sempre durará tanto quanto durem seus ganhos no mercado. E você perderá os dois.

6.O maior sinal de maturidade financeira é a compreensão de que se trata apenas de dinheiro:
o medo e a ganância são dois caminhos certos para o fracasso. Ter racionalidade para compreender que perdas e ganhos financeiros não são eternos nem imutáveis é a maneira mais simples de manter a tranquilidade e a saúde durante as intempéries. Entenda que você não é aquilo que tem, mas sim a soma de suas decisões, de suas atitudes e de seu aprendizado. Pessoas realmente ricas são aquelas que, mesmo quebrando, sabem como fazer dinheiro do zero. Nunca se desespere.

7.E por fim, na vida não temos concorrentes, temos companheiros de jornada:
nunca feche portas, nunca trate seus colegas de profissão com descaso. Por melhor que seja sua posição hoje, é impossível saber como será o amanhã. É manjado, mas realmente o mundo
dá muitas voltas, e nós, do mercado financeiro, devemos saber melhor do que ninguém que a
qualquer momento podemos precisar da ajuda de outras pessoas do nosso meio. Além disso,
você não pode afirmar com certeza que aquele broker júnior nunca vai se tornar um trader, e
que você nunca vai precisar dele como cliente. Trate TODAS as pessoas que cruzarem seu
caminho com dignidade. O dia de amanhã é tão imprevisível quanto o mercado.

Por Karine Casali
Broker de BM&F com foco em derivativos agrícolas, atua no mercado fnanceiro há 10 anos.

 

E se você tem interesse em conhecer mais sobre nosso perfil operacional, recomendo que participe do nosso treinamento gratuito:

curso-gratuito

A Scalper Trader acredita que é possível ter lucros consistentes no Day Trade. Assim, nós acreditamos que ao difundir conhecimento e habilidades específicas, estamos colaborando com o desenvolvimento dos traders.

1 Comment to O que aprendi com o mercado…

Deixe seu comentário aqui