Google

Como Operar In the Zone – Mark Douglas

por

Quando eu e o Antunes operávamos juntos em uma sala dentro de uma corretora nós costumávamos falar muito essa frase “Tô batendo fora do bumbo”, eu já vou te mostrar a relação desse conceito com o impeachment ou com qualquer outro evento no futuro….

Sabe quando você “acha” que aquele ativo subir? E quando ele sobe você fica animado, mas quando ele cai fica frustrado, ou até rezando?

Isso tende a piorar quando você emite uma opinião pública ou envolve dinheiro, porque você não quer estar errado. É justamente isso que chamávamos de “bater fora do bumbo”. É a sensação de não ver o mercado fazer o que nós gostaríamos. Eu mesmo achava que uma qualidade dos bons traders era ter convicção do que ia acontecer…

…e foi quando eu li o livro - Trade In The Zone do Mark Douglas e isso abriu minha mente. Ele dá várias explicações sobre a origem da frustração e do medo, que é justamente um estado mental acionado toda vez que minhas expectativas sobre direção de preço não são preenchidas. Toda vez que eu achava que ia subir e caia, minhas expectativas eram frustradas e a reação a isso era uma mudança de estado mental de confiante para medo.

Mas a parte que eu mais me identifiquei foi o conceito de “Operar In The zone”. Esse conceito é bem conhecido nos esportes e de forma resumida é entrar em um estado mental que te permita simplesmente fazer o que você precisa fazer sem nenhuma interferência emocional. Quando você acessa esse estado, opera em uma esfera de aceitar todo movimento do mercado porque você não espera nada dele, simplesmente aceita que não tem como controlar,  sua mente está alinhada com a mente do mercado.

Quais são os sinais de que você está ou não está “In the Zone”?

“In the zone”: foco, aceitação de preço, foco no próxima operação.

Não “In the Zone”: irritação, medo, frustração, torcida, felicidade excessiva.

Foi bem nessa época que eu estava aprendendo sobre fluxo de ordens – quando eu comecei tecnicamente a ser levado pela agressão, ou seja, pelo ato de acompanhar as ordens à mercado, eu juntei com o conceito de me deixar levar pela correnteza. Parei de me preocupar com o que iria acontecer e passei a focar nos dados correntes, comecei a experimentar esse estado de ver o mercado subir ou cair muito no dia sem ter ligação emocional com as cotações.

Essa evolução aconteceu em 2 etapas:

1º eu conseguia ler o mercado sem interferência;

2° eu conseguiu operar sem interferência, aceitando que se uma operação desse errado fazia parte.

O período evolutivo baseado no controle do estado emocional é essencial para todo trader que deseja obter consistência no mercado. Se você deseja saber mais sobre como fazer a leitura de mercado através do fluxo de ordens, te convido a participar do nosso Treinamento Gratuito de Introdução ao Tape Reading, é só se inscrever abaixo:

curso-gratuito

Grande Abraço e Atitude Vencedora!
André Hanna

A Scalper Trader acredita que é possível ter lucros consistentes no Day Trade. Assim, nós acreditamos que ao difundir conhecimento e habilidades específicas, estamos colaborando com o desenvolvimento dos traders.

Deixe seu comentário aqui